top of page
  • Foto do escritorPablo Albarracin

O Segredo do Planejamento Estratégico: Alinhando Propósito e Ações para a Transformação Empresarial


Grupo de pessoas se movimentando em sincronia para alcançar um propósito comum
Desvendando o Planejamento Estratégico: Alinhando Propósito e Ações para a Transformação Empresarial

🤔Você já se perguntou por que muitas vezes parece que as engrenagens da sua empresa estão girando, mas em direções diferentes? É como se diferentes idiomas fossem falados dentro da sua empresa, deixando as metas e objetivos das áreas em desalinho. Essa desconexão frequentemente leva a um senso de injustiça quando se trata de recompensar metas alcançadas entre diferentes setores.


E por que isso acontece? A resposta pode estar na falta de compreensão do propósito que deriva as tarefas diárias, aos motivo pelo qual cada ação desempenhada contribui para o sucesso geral da empresa. Aqui o segredo do Planejamento Estratégico


Muitas vezes, as #estratégias estão confinadas a uma pequena cúpula dentro da empresa, afastando valiosos recursos e minando o engajamento dos colaboradores.

Aqui entra o desafio: como comunicar a estratégia de forma abrangente, sem expor informações vitais que poderiam comprometer vantagens competitivas? A resposta é o #planejamento estratégico.


☄️Vamos direto ao ponto: o que é, de fato, o planejamento estratégico? Bem, ele é um processo no qual o Propósito Massivo de Transformação (PMT) da empresa, a sua visão ambiciosa, é desdobrado em #lineamentos estratégicos, que se desenrolam em ações e, por fim, fluem em cascata para moldar as atividades e processos da empresa. Isso assegura que cada colaborador esteja imerso em processos que impulsionam a estratégia e realiza atividades que agregam valor nesse sentido.


Lembra que mencionei que o planejamento estratégico é um processo?


➡️ Ele começa com o #Propósito Massivo de Transformação (PMT) da empresa e culmina no plano operacional de atividades que cada indivíduo executará em um determinado período.

Durante esse processo, o PMT se decompõe em partes menores, formando um conjunto de estratégias que são desenvolvidas para tornar o PMT uma realidade tangível.

Essas estratégias, por sua vez, se desdobram em várias ações, muitas das quais permeiam toda a empresa, definindo assim atividades para diferentes áreas e colaboradores.


Mas qual é a diferença entre estratégia, ação e atividade?


Principalmente, podemos identificar três características que as distinguem: a amplitude dos processos empresariais envolvidos, o impacto nos resultados esperados e, por fim, o horizonte temporal.

  1. Uma estratégia envolve processos chave e transversais do modelo de negócios da empresa, impactando diretamente, pelo menos, uma linha do demonstrativo de resultados.

  2. As ações são desdobramentos das estratégias, focando-se nos principais processos empresariais. Embora elas tenham impacto nos resultados, rastrear seu progresso apenas através desses indicadores é desafiador. Normalmente, são acompanhadas pela evolução dos KPIs (Key Performance Indicator), ou seja, os principais indicadores de desempenho. As ações podem ser amplas, frequentemente chamadas de fundamentais, ou mais específicas. Neste último caso, algumas ações específicas podem ser monitoradas por meio de OKRs (objective and key results) objetivos é resultados-chave.

  3. As atividades são o desdobramento das ações, focando-se nas etapas dos processos-chave. São tarefas específicas executadas por pessoas, e a melhor maneira de acompanhá-las é definir com clareza quais entregáveis elas devem garantir.

Vamos ilustrar um exemplo para uma compreensão mais profunda!


🤔Imagine que nossa empresa seja um player relevante na produção e distribuição de insumos críticos para a indústria, atualmente ocupando o décimo lugar em relevância. Nos próximos três anos, temos o audacioso objetivo de estar entre os três maiores. Para isso, é necessário um processo de transformação em toda a empresa, alinhando processos e pessoas na mesma direção.

Qualquer atividade que não contribua para esse crescimento desejado desperdiçará recursos valiosos. Da mesma forma, todas as atividades essenciais precisam ser executadas para garantir o sucesso.


Mas como alinhar todos nessa jornada?


➡️ Eis o papel vital do #PlanejamentoEstratégico Transformador.


1️⃣ Começamos pelo Propósito Massivo de Transformação, que pode ser expresso como: "Tornar-se o terceiro maior fornecedor de insumos críticos, impulsionando o desenvolvimento industrial do Brasil nos próximos 3 anos".

2️⃣ Para concretizar esse PMT, os lineamentos estratégicos, entre outros, incluiriam "Duplicar a Produção de Insumos nos próximos três anos". No demonstrativo de resultados, isso seria medido pelas vendas líquidas. Obviamente, essa estratégia terá um impacto em muitos processos.

3️⃣ Considere, por exemplo, o Abastecimento de Matérias-Primas, onde uma ação fundamental poderia ser "Assegurar quantidade e qualidade de fornecedores para o volume de produção x". Um KPI poderia medir o Volume Consumido de Matérias-Primas para acompanhar essa ação.

4️⃣ Essa ação, por sua vez, se desdobra em várias ações mais específicas, as atividades, como "Desenvolver fornecedores alternativos para matérias-primas x, y e z". Isso poderia ser acompanhado por um OKR, medindo a quantidade de fornecedores cadastrados, aprovados e com preços negociados.

Aqui podemos ver que para que essa ação seja desenvolvida precisamos pelo menos três atividades a serem executadas: Cadastrar um novo fornecedor, realizar o processo de avaliação, negociar preço e condições de pagamento. Cada uma de essas atividades são tarefas dentro de um plano operativo, e são acompanhadas pela entrega específica de cada uma: seja “fornecedor cadastrado”, “fornecedor aprovado” e “fornecedor negociado”.


Já falei no início deste artigo sobre a importância do Planejamento Estratégico, mas quero reforçar que essa metodologia “não é apenas uma série de etapas desconexas. É uma jornada completa, com etapas meticulosamente projetadas e ferramentas estratégicas que atuam como faróis no caminho para o sucesso.”


As etapas desse processo formam um mapa que nos guia na transformação da visão estratégica em realidade:

  1. Definição do Propósito Massivo de Transformação: Aqui, estabelecemos a visão ambiciosa que impulsionará todas as ações. É o farol que guiará cada colaborador rumo a um objetivo compartilhado.

  2. Retrospectiva para entender o cenário atual: Para moldar o futuro, é essencial entender o presente. Nessa etapa, examinamos a situação atual da empresa, suas forças, fraquezas e oportunidades.

  3. Análise de riscos e oportunidades: Antes de embarcar em qualquer jornada, precisamos preparar-nos para os desafios. Aqui, identificamos os riscos e oportunidades que moldarão nosso percurso.

  4. Definição de lineamentos estratégicos: Esses são os pilares que sustentam nossa transformação. Eles nos guiam na criação de ações e atividades alinhadas ao propósito.

  5. Definição de ações e atividades para o desenvolvimento das estratégias: Aqui, entramos no terreno prático. Cada ação e atividade são meticulosamente planejadas para que se encaixem no quebra-cabeça estratégico.

  6. Planejamento de fases e recursos: Um mapa sem rota não nos leva a lugar algum. Nessa etapa, planejamos as fases da jornada, alocamos recursos e estabelecemos metas concretas.

Cada uma dessas etapas é uma parte crucial do processo, e cada ferramenta de melhoria contínua recomendada como o Barco a Vela, a Estrela do Mar, a Análise SWOT, a Matriz TOWS e o Diagrama de Gantt, desempenha um papel específico na construção desse quebra-cabeça estratégico.


À medida que exploramos essas etapas, é impossível não perceber a sinergia entre propósito, estratégia, ação e atividades. A #transformação não é um evento isolado, mas sim uma jornada constante, onde cada passo é um elo na corrente que nos leva em direção à realização do nosso Propósito Massivo de Transformação.

Dessa forma, todos os idiomas que pareciam diferentes na mesma empresa se convertem a um só: o idioma da visão. As pessoas passam a conhecer o propósito das suas ações por menores que sejam e o senso de injustiça dá lugar ao apoio mútuo de trabalho em equipe.💪


Sua empresa tem propósitos de transformação? Como é o planejamento estratégico? As pessoas conhecem o propósito e o por quê das ações que realizam?


🔗 Também estamos no Instagram

4 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page